EBD – Lição 01: A Igreja e a Época do Apóstolo Paulo | 3° Trimestre De 2022 | Adolescentes

EBD Adolescentes | 3° Trimestre De 2022 | Tema: Apóstolo Paulo, Um Grande Missionário  | Lição 01: A Igreja e a Época do Apóstolo Paulo | Escola Biblica Dominical | CPAD

Objetivos

EXPLICAR o Pentecostes;
APRESENTAR as características da Igreja guiada pelo Espírito Santo;
MOSTRAR que a estrutura do mundo romano ajudou na expansão da Igreja.

LEITURA BÍBLICA

Atos 2.38,41-47

A MENSAGEM

“Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra.” Atos 1.8

Devocional

Segunda >> At 2.1-4
Terça >> Jo 14.26
Quarta >> Gl 5.22
Quinta >> Jl 2.28, 29
Sexta >> Ef 4.1-6
Sábado >> Sl 133.1

Ei Professor!

Estamos começando um novo ciclo de aprendizagem e crescimento. Nesta oportunidade vamos estudar e ensinar a vida do Apóstolo Paulo e o crescimento da Igreja, sob a perspectiva do livro de Atos dos Apóstolos. Atente-se que a narrativa de Lucas testemunha, constantemente, o mover sobrenatural de Deus na História. Você perceberá que ações milagrosas e poderosas são narradas, tais como o derramamento do Espírito Santo, curas, libertações e muitas conversões. Pessoas tiveram suas vidas transformadas pelo Espírito Santo, pois a pregação do Evangelho gerava salvação e esperança. Incentive sua classe a ler o livro de Atos, a fim de familiarizar-se com os personagens e leia-o você também!

Ponto de Partida

Nós somos a Igreja. Cada um, como membro, tem um papel a desempenhar. É o Espírito Santo, na vida das pessoas, que as capacita para viver em fé e cumprir seu chamado. Os discípulos receberam o poder do Espírito Santo e esta capacitação os encheu de ousadia para viver a vida cristã, enfrentar as tribulações e espalhar as Boas-Novas de Jesus entre todos os povos. Da mesma maneira, nós, como parte da Igreja de Cristo, também podemos desfrutar dessa graça. A promessa do Batismo no Espírito Santo é para a nossa geração também. Então, professor(a), inicie sua aula perguntando para a classe quem já recebeu esse Batismo. Veja se algum aluno sabe explicar o que é o Batismo no Espírito Santo. Em seguida, diga que nesta lição todos irão aprender mais sobre essa linda promessa.

Vamos Descobrir

A jornada da Igreja de Jesus Cristo teve início no momento certo. Depois de receberem a promessa do Batismo no Espírito Santo, os discípulos receberam o poder de Deus para viver a vida cristã e espalhar as Boas-Novas de Jesus para todo o mundo. Além dessa capacitação especial, que veio de Deus, as condições geográficas, culturais e sociais da época colaboraram com a expansão da Igreja. Vamos juntos descobrir mais sobre o mundo em que o Apóstolo Paulo viveu?

Hora de Aprender

Neste trimestre estudaremos a vida do apóstolo Paulo, conforme nos conta o livro de Atos dos Apóstolos. Por meio das suas viagens, obra missionária e interação com as pessoas, veremos como Deus agiu por meio do Espírito Santo, salvando e transformando vidas. Veremos nesta lição o evento que deu origem à Igreja de Jesus Cristo e alguns aspectos relevantes do mundo romano, no qual vivia o Apóstolo.

I – O PENTECOSTES E A IGREJA DE CRISTO

Nos dias em que o Filho de Deus tornou-se um ser humano e morou entre nós (Jo 1.14), a Bíblia nos conta que uma multidão o acompanhava por onde Ele passava. Essas pessoas, então, eram testemunhas dos milagres realizados por Jesus e dos ensinos dados por Ele (Jo 6.2). Após sua morte e ressurreição, Jesus passou quarenta dias com os discípulos, dando-lhes instruções de como deveriam continuar a caminhada com Deus. Uma ordem foi a de que eles ficassem em Jerusalém para esperar o cumprimento da promessa do Pai: o Batismo no Espírito Santo (At 1.4, 5). Essa promessa se cumpriu no Dia de Pentecostes! Você sabe o que é dia de Pentecostes? É a festa das colheitas, celebrada 50 dias depois da Páscoa. Aos que moram em áreas urbanas, pode parecer estranho festejar uma atividade rural. Mas, naqueles dias, festejar a produção da terra era importante porque, afinal, a colheita era a garantia de que haveria alimento nos próximos meses.

Como em todos os anos, os discípulos estavam reunidos para celebrar a festa, quando, de repente, o som de um vento forte encheu a casa onde estavam. Era a manifestação do Espírito Santo, que encheu as pessoas e elas falaram em outras línguas (At 2.2-4). Em um determinado momento, Pedro levantou-se e explicou para todos que o profeta Joel, no Antigo Testamento, tinha anunciado a promessa do derramamento do Espírito (Jl 2.28, 29) e que naquele momento eles estavam vivendo essa experiência (At 2.14-18). A festa dos discípulos foi muito melhor do que eles imaginaram! O cumprimento da promessa do derramamento do Espírito Santo marcou o início da jornada da Igreja de Jesus Cristo.

I – AUXÍLIO TEOLÓGICO

Aproveite a oportunidade para tratar de um ponto teológico importante para os pentecostais: a atualidade da manifestação dos dons espirituais e do Batismo no Espírito Santo. Embora sejam adolescentes, eles têm condições de entender essa questão. A Declaração de Fé define da seguinte forma: “Cremos, professamos e ensinamos que o batismo no Espírito Santo é um revestimento de poder do alto… (Lc 24.49). É, também, uma promessa divina aos salvos… (At 2.18). Trata-se de uma experiência espiritual que ocorre após ou junto à regeneração, sendo acompanhada da evidência física inicial do falar em outras línguas… (At 2.4). […] O falar em línguas é a evidência inicial desse batismo, mas somente a evidência inicial, pois há evidência contínua da presença especial do Espírito como o “fruto do Espírito” (Gl 5.22) e a manifestação dos dons” (Declaração de Fé das Assembleias de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p.165)

II – AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA

Nos momentos e dias seguidos, os apóstolos pregaram com ousadia (para judeus e não judeus) a mensagem sobre Jesus Cristo. Eles ensinaram como as profecias do Antigo Testamento sobre o Messias haviam se cumprido nEle. Milagres e maravilhas acompanharam a pregação desses homens (At 2.43; 3.6-9). E o número dos que criam no Evangelho aumentou a cada dia, ou seja, a Igreja cresceu. O mover do Espírito Santo nas pessoas era visto pela transformação na vida delas e pela comunhão que compartilhavam. Lucas, o escritor do livro de Atos, nos conta que esses primeiros crentes seguiam os ensinos dos apóstolos e estavam unidos. A Igreja vivia em amor: as pessoas dividiam o que tinham para atender as necessidades básicas do próximo.

Não havia falta de alimento, porque ele era compartilhado. E sempre se reuniam para cultuar a Deus e orar (At 2.42-47). Estudando a história da Igreja e suas ações após a experiência do Pentecostes, vemos que, quando o Espírito Santo passa a viver em alguém, há uma transformação nas suas atitudes. Isso ocorre porque o amor se torna o guia para o comportamento daquele que serve a Cristo. Não há espaço para a avareza ou desperdício; o dinheiro é direcionado a quem precisa e o egoísmo dá espaço para a bondade (1 Jo 4.20,21). O Espírito Santo continua se movendo nos dias de hoje. Você já parou para observar como o Espírito Santo está presente no seu dia a dia? Como cristãos, sabemos que Ele nos reveste de um poder especial, dando ousadia para falar de Jesus, e se manifesta por meio dos dons. Você tem buscado a presença do Espírito Santo? Já é batizado no Espírito Santo? Sempre ore pedindo para Jesus te batizar no Espírito Santo e para te encher da presença dEle (At 2.38,39)!

II – AUXÍLIO DIDÁTICO

Em Atos 2.42-47 Lucas fala e narra a vida da igreja que acabava de nascer. A dinâmica de comunhão, adoração e serviço presente na Igreja Primitiva é inspiradora. O autor de Atos “descreve a adoração na igreja primitiva, na primeira década da igreja. Os três mil novos crentes se agregam aos outros crentes. Isto é, se reuniram com outros como eles, pessoas de pensamento e fé semelhantes […]. A comunhão (do grego koinonia) significa associação e relacionamentos íntimos. Isto era mais do que simplesmente ficarem juntos, certamente mais do que simplesmente uma reunião religiosa. Isto envolvia compartilhar bens, fazer refeições juntos, e orar juntos.

O partir do pão se refere aos cultos de comunhão que eram realizados como lembrança de Jesus e instituídos de acordo com a Última Ceia, que Jesus tinha tido com os seus discípulos antes da sua morte (Mt 26.26-29). É provável que este culto incluísse regularmente uma refeição comum (At 2.46; 20.7; 1 Co 10.16; 11-23; Jd 1.12)” (Comentário do Novo Testamento Aplicação Pessoal. Vol. 1. Rio de Janeiro: CPAD, 2010, p.633). Hoje, o WhatsApp é uma ferramenta comum de comunicação. Na época dos apóstolos, era a carta, ou epístola. As cartas do Novo Testamento foram escritas em grego koiné, que era a língua internacional, como o inglês é atualmente.

No dia a dia em Israel, as pessoas conversavam em aramaico, mas o culto na sinagoga era em hebraico. Porém, muitos judeus conheciam também o grego, pois moravam ou negociavam em outras cidades do Império Romano. Por isso mesmo, todo o Novo Testamento foi escrito em grego. No livro de Atos, lemos que os apóstolos viajavam bastante. As estradas romanas ajudaram tanto o exército nas conquistas, quanto os apóstolos na pregação do Evangelho e a circulação das cartas e dos escritos cristãos. Naquela época, a rede de estradas romanas era de milhares de quilômetros, além das vias fluviais e rotas marítimas. Assim, os seguidores de Jesus iam de cidade em cidade, aproveitando essa estrutura para pregar o Evangelho.

III – O MUNDO ROMANO NA ÉPOCA DO PENTECOSTES

A encarnação de Jesus, a revelação do Espírito Santo e o início da jornada históricas da Igreja aconteceram no primeiro século da Era Cristã. Nesse período, o Império Romano era a potência mundial, e seu território abrangia Europa, Ásia Menor (atual Turquia) e Norte da África. Nesse tempo, existia certa estabilidade, pois os romanos não estavam guerreando com os outros povos por território e poder.

III – AUXÍLIO DIDÁTICO

Estradas: A terra de Israel é muito seca e rochosa. Muitas de suas estradas eram simplesmente caminhos de terra, de onde as pedras e a vegetação tinham sido removidas. Não obstante, os romanos haviam pavimentado diversas estradas principais do Império Romano, para torná-las mais transitáveis nas áreas barrentas, ou em épocas de chuva. Os romanos usavam pedras grandes e lisas em vez de asfalto ou concreto. Eles faziam estradas de mais ou menos seis metros de largura, com uma ligeira inclinação para as beiradas, como são as estradas de hoje, a fim de permitir o escoamento. Colocavam marcos a cada 1000 passos, para que os viajantes pudessem saber a distância que haviam percorrido. A primeira e mais importante dessas estradas era chamada de Via Ápia, a que conduzia a Roma. Hoje ainda se pode ver partes da Via Ápia perto de Roma” (Bíblia do Adolescente: Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p. 1378).

CONCLUSÃO

O dia de Pentecostes marca o início da Igreja. Os seguidores de Jesus receberam poder do Espírito Santo e souberam aproveitar os recursos disponíveis naquela época para viver em comunhão e anunciar o Evangelho. Hoje, a Igreja somos nós e precisamos aprender com o exemplo deles a buscar em Deus o Batismo no Espírito Santo, a viver em comunhão e a pregar o Evangelho, com os recursos que temos disponíveis hoje e na região onde moramos.

Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe Com Uma Oferta pelo PIX: CPF 346.994.088.69 – Seja um parceiro desta obra.
“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38)

VAMOS PRATICAR

1- O que é o dia de Pentecostes?
( ) É o dia da festa das colheitas.
( ) É o dia da descida do Espírito Santo.
( X ) Todas estão corretas.

2- Dê dois exemplos de mudança nas atitudes da pessoa que têm o Espírito Santo. Resposta pessoal.

3- Complete o versículo.
Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém , em toda a Judéia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra” (Atos 1.8).

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Adultos CPAD

Adultos Betel

Jovens CPAD

Jovens Betel

Adolescentes CPAD

Bíblia Online

EBD Juniores Professor CPAD

EBD Revista PECC

EBD Adolescentes | 3° Trimestre De 2022 | Tema: Apóstolo Paulo, Um Grande Missionário  | Lição 01: A Igreja e a Época do Apóstolo Paulo | Escola Biblica Dominical | CPAD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.